Sobre o autor


Thadeu de Sousa Brandão

Sociólogo, Mestre e Doutor em Ciências Sociais pela UFRN. Professor Adjunto de Sociologia da UFERSA e do Mestrado Acadêmico Interdisciplinar em "Cognição, Tecnologias e Instituições" (CCSAH/UFERSA) - (Nota 4 CAPES). Líder do grupo de Pesquisa "Observatório da Violência do RN". Autor de "Atrás das Grades: habitus e interação social no sistema prisional", "A Senhora do Sertão: a Festa de Sant'Ana de Caicó" e co-autor de "Rastros de Pólvora: Metadados 2015" e de "Observatório Potiguar 2016: Mapa da Violência do RN". Apresentador do Programa Observador Político da TV Mossoró e 93FM. Colunista do Jornal O Mossoroense.

Política, Sociologia, Ciência, Cultura e Filosofia. Blog criado em 22 de Outubro de 2012 e organizado por Thadeu de Sousa Brandão.

Siga nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profthadeubrandao/

Contato, críticas, sugestões e artigos: thadeubrandao@bol.com.br

quinta-feira, 6 de julho de 2017

OBVIO/UFERSA lança seu Boletim Mensal de Junho de 2017

Sobre reduções, desacelerações e caminhos certos.

Em toda a sociedade onde se processa uma banalização da violência pela ausência do estado e de políticas públicas orientadas para a redução das desigualdades sociais e para um policiamento eficaz, os índices de homicídios tendem a aumentar vertiginosamente. No Rio Grande do Norte a prova disso se mostra nas 1202 mortes matadas ocorridos até o último dia de junho de 2017.
O semestre encerrou sem renovação de estratégias de segurança e apenas com mostras sazonais de resultados obtidos pelos esforços das instituições de segurança.


Ao aferirmos esses esforços durante os anos da atual gestão executiva estadual, podemos notar variações na velocidade do crescimento das mortes matadas, mas que não puderam evidenciar sustentabilidade de resultados. (ver estudo completo no boletim)
Essas flutuações na aceleração da violência são sempre bem-vindas, elas já ocorreram entre abril e junho de 2015, entre maio e junho de 2016 e outras menores, por isso aconselhamos prudência no trato com elas.


Em nosso boletim mensal, edição de final de semestre, apresentamos as informações do 1º semestre de 2017 comparadas ao mesmo período de 2015 e 2016, procurando fazer uma análise rápida dos números e de seus indicadores, avaliando assim a eficácia das ações de segurança pública da Gestão Robinson Faria.
É preciso desacelerar a violência, reduzir crimes e identificar os caminhos certos, mas a redução real e efetiva dos homicídios no RN ainda está no futuro, torçamos para que ele chegue logo.
 
Clique aqui para acessar a publicação na íntegra http://bit.ly/2tLLfHG

Nenhum comentário:

Postar um comentário